Início > Uncategorized > O Livro do Boni – Resenha crítica

O Livro do Boni – Resenha crítica


“O Livro do Boni” (458 páginas, Casa da Palavra), lançado no final do ano passado, mais do que as memórias do ex-vice-presidente de Operações da Rede Globo (ele saiu da Globo em 1998), é o resgate de parte da história do rádio, da publicidade e da televisão no Brasil. José Bonifácio de Oliveira Sobrinho – ou simplesmente Boni – nasceu em Osasco, São Paulo. Pode-se dizer que foi um profissional de comunicação completo, já que fez de tudo um pouco nessa carreira, atuando nos mais diversos meios de comunicação. Por isso mesmo pode-se dizer que sua biografia, mais do que simples memória, é uma fonte de histórias que viveu e também um inventário de situações que servirão de exemplo para muitos profissionais.

Em meio a tantas histórias – muitas engraçadas e curiosas -, destacam-se alguns personagens que fizeram parte da trajetória de Boni, só para lembrar de alguns: Dercy Gonçalves, Chacrinha, Jô Soares, Chico Anysio, Daniel Filho, Faustão, Armando Nogueira. E como não poderia deixar de ser, a Família Marinho. São capítulos especiais, dedicados a essas pessoas, onde Boni procura contar também suas origens – mesmo que seja contando sobre a concorrência (TV Rio, TV Tupi, TV Record, TV Bandeirantes…). As Diretas Já, as eleições presidenciais de 1989. A exclusividade na transmissão do carnaval de 1984 na TV Manchete..

Foi Boni quem criou o slogan “Varig, Varig, Varig…”. Ele também inventou o “Plim-Plim”, com o logotipo da emissora, no intervalo dos filmes. Inúmeros nomes de programas foram batizados por ele. Artistas lançados (Regina Duarte, Francisco Cuoco, Gloria Pires). Ele expõe seu conturbado relacionamento com Gloria Magadan (escritora de novelas cubana).

Walter Clark é outro que mereceu atenção especial de Boni. Foi Walter quem o levou para a Globo, após 3 anos de espera (Boni estava na Rádio Bandeirantes). Formavam uma equipe unida, ao lado de Joe Wallace, Jose Arce e Borjalo. Uma equipe que dominou a Globo nos anos 1970 e ajudaram a emissora a se consolidar no mercado nacional como a líder de audiência. Em 1977, com a saída de Walter Clark, a equipe começou a se desmantelar e em 1980 foi a vez de Joe Wallace deixar o time. A partir daí, afirma-se a supremacia de Boni na Globo, chegando ele ao cargo de vice-presidente de Operações da emissora.

Boni também faz um importante levantamento das 25 novelas mais importantes em sua visão, comentando cada uma.  Narra o episódio da censura de Roque Santeiro (em sua primeira versão, em 1975), e também a criação, em cima da hora, da novela Pecado Capital (“uma Selva de Pedra de cabeça pra baixo”).  Minisséries e programas de TV também são listados e comentados.

“O Livro do Boni”  é um retorno às histórias dos meios de comunicação no Brasil, com seus “causos”, personagens, dramas e risos. Dos anos 1940 ao início do século XXI.

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. isabel pinheiro
    fevereiro 8, 2012 às 18:45

    Fabricio eu considero o Walter Clark mais importante para a Tv Globo do que o Boni. Ou os dois juntos. Mas o Walter era o cara.

    Aliás, eu tenho dois grandes idolos em meios de comunicação o Walter Clark que sou fã desde 1977. E o Luiz Mendes, recém falecido, e quem sou fã desde 1986.

    E acho uma pena a história da Tv Rio estar submersa. Os paulistas são mais cuidadosos com sua memória, os cariocas de uns tempos para cá não estão nem ai. Uma pena o Rio ter se transformado numa cidade assim.

  2. Glaudison Souza
    novembro 5, 2013 às 0:51

    Boni grande mestre da comunicação brasileira e, podemos dizer do mundo. Excelente livro!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: